Our Hazelnuts Trees | Nutella

AS NOSSAS AVELÃS

Os esforços da Ferrero para garantir a sustentabilidade ao longo de toda a cadeia de abastecimento de avelãs incluem a rastreabilidade deste ingrediente.

As nossas avelãs provêm principalmente da Turquia, Itália, Chile e EUA. A Ferrero está comprometida em alcançar a rastreabilidade total das avelãs que adquire dentro da cadeia de valor desta matéria-prima. A rastreabilidade da cadeia de valor da avelã da Ferrero traduz-se em ser capaz de rastrear as avelãs até à sua origem, seja numa plantação ou num conjunto de plantações. Atingir este objetivo tem sido um enorme desafio em certos países onde as cadeias de fornecimento são maiores e mais complexas. Nalguns países alcançaram-se maiores níveis de rastreabilidade. No Chile e nos EUA, por exemplo, a Ferrero alcançou a rastreabilidade total.

Our Hazelnuts | Nutella

De onde provém?
Clica para viajar

Garantir a qualidade e a frescura

As avelãs utilizadas na Nutella® provêm de pomares de aveleiras, encontrados principalmente em climas mediterrânicos. As nossas avelãs têm a sua origem em diferentes partes do mundo, sobretudo na Turquia, Itália e Chile. A região turca do Mar Negro é a maior produtora de avelãs a nível mundial, sendo por conseguinte onde adquirimos a maior parte das que utilizamos em Nutella®. O conhecimento e a tradição da Ferrero com este fruto remonta às suas raízes em Itália, cujas regiões de Piemonte, onde a Ferrero foi fundada, de Lazio e Campania são produtoras tradicionais. A colheita decorre entre o início de agosto e o fim de setembro.

Nutella Map
Hazelnut Farm Landscape | Nutella

Para garantir a disponibilidade de avelãs frescas e de qualidade, estão a ser criados pomares de aveleiras em países do hemisfério sul, que proporcionam uma colheira adicional entre os meses de fevereiro e março. Como parte desta abordagem, a Ferrero estabeleceu explorações de aveleiras (denominadas “Agrifarms”) no Chile, Argentina, África do Sul e Austrália, assim como na Geórgia e Sérvia. Através destas explorações, a Ferrero está a desenvolver um modelo de negócio sustentável com produtores locais, partilhando e promovendo boas práticas agrícolas (viveiros, formação, assistência agronómica, etc.). Descobre mais no último relatório de Responsabilidade Social Empresarial da Ferrero, disponível aqui.

Hazelnut Farm Landscape | Nutella

Sustentabilidade na aquisição de avelãs

A visão da Ferrero em termos de sustentabilidade implica melhorar as condições das comunidades às quais adquirimos as nossas avelãs.

Turquia: A implementação na Turquia do programa de Valores Agrícolas da Ferrero para avelãs teve início em 2012. Com este programa, a Ferrero desenvolveu um Padrão de Produção de avelãs, em colaboração com a SCS (Scientific Certification Systems) Global Services, uma empresa líder a nível global na prestação de serviços de certificação e sustentabilidade. O padrão criado abrange quatro grandes áreas: Boas Práticas Sociais (BPS), Boas Práticas Agrícolas (BPA), Qualidade Pós-Colheita e Rastreabilidade. Através do programa de Valores Agrícolas da Ferrero, trabalhamos com os produtores, principalmente pequenos agricultores, empoderando-os com o conhecimento de boas práticas agrícolas e sociais. Todos os anos a SCS Global Services, juntamente com empresas de auditoria locais, realiza auditorias específicas a produtores selecionados aleatoriamente.

A Ferrero também estabeleceu uma colaboração com a GIZ (Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit GmbH) para o desenvolvimento de um Sistema de Monitorização e Avaliação, orientado para avaliar e comunicar o progresso e impacto de atividades e intervenções sociais no terreno. Este sistema reflete os dados recolhidos de diversos intervenientes, incluindo agricultores, trabalhadores, empresas de recursos humanos e líderes de opinião comunitários.

Sustain Hazelnut Farmers | Nutella

Itália: Um dos países cuja produção de avelãs cumpre os nossos altos padrões de qualidade é a Itália, historicamente nas regiões de Piemonte, Lázio e  Campania, tornando crucial o desenvolvimento e a preservação de uma cadeia de abastecimento sustentável nestas áreas. Como parte do seu plano de aquisição responsável, a Ferrero tem colaborado com a sociedade certificadora global DNV GL desde 2015. Esta parceria ajuda a Ferrero a desenvolver ações concretas no terreno, tanto com agricultores como com associações, incluindo formação e assistência no terreno.

Chile: A primeira Agrifarm da Ferrero, a Agrichile, foi fundada em 1991 no Chile, que possui um clima favorável para a cultura das avelãs. O resultado de mais de 25 anos de atividade da Agrichile, que combinou os conhecimentos dos nossos agrónomos com as altas capacidades dos agricultores chilenos, foi a criação de uma cadeia de valor completa. Os processos de produção próprios da Ferrero no Chile foram certificados em 2019 de acordo com o padrão de Cultura Sustentável da SCS Global Services, um programa de certificação devidamente credenciado. Este reconhecimento garante que as avelãs cumprem diversos padrões ambientais, que os trabalhadores e as comunidades das explorações agrícolas estão devidamente protegidos e comprometidos e que as explorações são economicamente resilientes.

Hazelnuts Harvest Bucket Farmer | Nutella

A união de forças com os principais intervenientes

A Ferrero atribui muita importância às práticas éticas, incluindo melhores práticas de emprego na cadeia de abastecimento das avelãs. A Ferrero participa ativamente numa ampla parceria público-privada com a CAOBISCO (Associação Europeia de Indústrias do Chocolate, Biscoitos e Confeitaria) e com a OIT (Organização Internacional do Trabalho) na Turquia, através de um projeto que procura contribuir para a eliminação das piores formas de trabalho infantil da agricultura sazonal na colheita da avelã. A Ferrero está também a trabalhar com a Earthworm Foundation, uma organização sem fins lucrativos dedicada à melhoria positiva das cadeias de valor, no seu programa de aquisição responsável de avelãs.

Se gostas dos nossos conteúdos, partilha em